walkbywalk

>Gallo – 5 – Oliveira da Serra – 1

leave a comment »

>

Decerto que já repararam na última campanha da Oliveira da Serra que anda por aí – em todo o lado e em grande quantidade: TV, muppies, imprensa.
“E porque não?” é o mote. Algo que me transporta mais para uma mudança de atitudes ou hábitos, do género de comer gelados no inverno.

Este “Porque não?” da Oliveira da Serra parece-me mais direccionado para accionistas do que para cliente final “Porque não fazer o maior lagar desta terra?”, “e porque não fazer deste país o maior produtor de azeite do mundo?”.
Numa batalha pela liderança do mercado dos azeites a Gallo ganha de cebolada à Oliveira da Serra. Aquilo que faz é uma coisa simples, muito simples: ser igual a si própria, coerente, consistente e verdadeira. Isso traz-lhe desde logo uma enorme vantagem, não precisa de andar aos saltinhos para ser vista, nem mudar de estilo consoante a moda passageira – é o que é e tem orgulho nisso – nós também, afinal faz parte de ser português.

Este brilhantismo e capacidade de se identificar com o mais profundo da alma portuguesa é um feito e nem todos podem almejar alcançá-lo. Mais, depois de tomado já não é possível ficar com esse lugar.
Por isso, e exactamente por isso, a Oliveira da Serra tinha que encontrar o seu lugar – podia não ser tão brilhante, seria difícil, mas era o seu lugar, o seu espaço na mente dos consumidores – a isto chama-se posicionamento.

E eu sinceramente não consigo perceber o posicionamento da marca, a falta da continuidade na mensagem não me permite perceber o que é que eles querem, é o lugar do Galo? só há espaço para um na capoeira – é serem inovadores e profissionais e contribuírem para mostrar uma nova face do país? O Sócrates anda a fazer isso há anos com os resultados que se conhecem…

Por isso quando fazem uma campanha do “Porque não fazer um ganda lagar e que chovam azeitonas” eu penso: porreiro para vocês pá! Força aí, lagar pra frente! Mas e um pormenor, pequenino bem sei: Porque é que hei-de comprar o vosso azeite?
Ninguém compra um vinho porque a marca tem a maior vinha do mundo pois não? Isso é uma história da marca, boa, acrescenta valor (bastante), demonstra dimensão, arrojo e essas cenas todas, mas não é A História. Em suma, não é isso que me faz comprar azeite.

Ah, o filme tá giro, a música é gira, mas isso não interessa nada.

Resultado Final: Gallo 5 Oliveira 1

Written by Walkers

April 8, 2010 at 12:47 pm

Posted in Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: